maio 29 2014

Anna Raphaela Drumond

Ler livros em inglês




Sem dúvida ler é um bem enorme que fazemos ao nosso intelecto. Além de estimular a imaginação, melhora nossa fala, nossa escrita e nos ajuda a construir uma visão mais ampla e crítica do mundo. A leitura nos informa, e a informação nos ajuda a compreender melhor o que está a nossa volta.

Criando o hábito a leitura

Ler livros na nossa própria língua é uma grande barreira para muitas pessoas, e ler em outra língua, para quem não está acostumado a ler na língua materna, pode ser uma experiência frustrante. Portanto, seja autocrítico e analise sua capacidade de leitura antes de começar a ler em outra língua. Comece a ler mais em português, procure leituras agradáveis e curtas, tome o gosto pela leitura e só depois se aventure em outra língua. Dessa forma, você evita a frustração e a desistência.

Se você não é tão fã de leitura, mas pelo menos, conhece alguma coisa de inglês, recomendo o mesmo: leia em português mais para adquirir o hábito, senão ler em inglês vira uma obrigação e não um prazer. Mas se você lê muito em português, conhece alguma coisa da língua inglesa e quer começar a praticar mais, vá fundo, temos dicas para te ajudar nessa jornada!

Motorista

VOCÊ QUER FALAR INGLÊS DE VERDADE?

Solicite uma proposta agora mesmo e receba várias opções de cursos para você sair na frente!

Qual é o tipo de curso?

Lendo o básico em inglês

Independente do seu nível de inglês, comece por textos pequenos, de linguagem simples e de fácil compreensão. O ideal é que você consiga entender o que está lendo sem precisar traduzir, ou seja, ler e compreender em inglês, de verdade. Em um texto muito longo, como um livro, podemos nos perder e deixar de entender coisas importantes. Fica tudo muito confuso. Evite esses problemas.

Por onde começar a ler em inglês

A internet é uma grande aliada da leitura, seja ela simples ou complexa. Para os textos mais simples, sugiro sites de notícias, onde os textos são geralmente curtos, o vocabulário não é nem formal e nem muito informal e a linguagem é direta. E quase sempre a gramática está correta.

Os blogs em geral também são bons porque a linguagem é simples e mais aproximada do falar do dia-a-dia. Notícias, esportes, música, resenha de filmes, de seriados, celebridades, moda… Vai do seu gosto.

Passo a passo para ler em inglês

A atividade de ler em inglês sem dominar totalmente a língua é chamada de inglês instrumental. Trata-se da leitura onde a compreensão é dada no contexto, e não em palavra por palavra, por isso, se você ler uma palavra que não conhece, continue lendo a frase, pois com certeza entenderá o que ela quer dizer. Assim a leitura não fica cansativa e o aprendizado do significado das palavras acontece de forma natural. Mas sempre que a dúvida persistir consulte suas fontes, faça anotações, comparações e tire suas dúvidas.

Lendo livros em inglês

Se você é um iniciante,procure livros mais curtos, que você efetivamente consiga terminar. Isso vai te estimular a continuar. É importante ler coisas que gosta, a leitura deve ser agradável e interessante. Os clássicos nem sempre são uma boa opção, mas existem adaptações dessas histórias para que as pessoas com mais dificuldade na língua consigam apreciar a leitura e aprender também. Lord of the Flies (William Golding) , The Catcher in the Rye, A Chistmas Carol (Charles Dickens) e The Picture of Dorian Gray (Oscar Wilde) são alguns clássicos que têm versões simplificadas. Outras opções de livros de sucesso são as obras de autores modernos como Nicholas Sparks e Meg Cabot. Não tem erro!

Não desista de ler em inglês!

Sempre que tiver dúvida, esclareça, releia, persista! Faça anotações, escreva, pergunte para quem sabe. Não deixe que essas barreiras atrapalhem seus objetivos. Evite o uso de traduções e dicionários a toda hora, somente quando for preciso. E persista, pois a recompensa será grande!

Sobre o autor: Anna Raphaela Drumond

Anna Raphaela Drumond, tradutora e escritora, nascida no Rio de Janeiro. Apaixonada por línguas, em especial pela língua portuguesa e inglesa, trabalha como tradutora, revisora e escritora desde 2005. É estudante de Letras Português/Inglês da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.


Discussão

raquelsenra junho 25, 2014 at 6:15 am

Olá,

Gostei!!!!

Abraço.

Postar um comentário