fevereiro 28 2014

Regina Di Ciommo

Intercâmbio nos Estados Unidos ou Inglaterra: uma experiência rica e inesquecível




Se você sonha em fazer intercâmbio, com a oportunidade de viajar, conhecer diferentes pessoas de outros países, além de aprender um novo idioma, esse é um sonho que pode ser realizado. A duração depende de seu orçamento, idade, estilo pessoal e tempo, porque há programas desde alguns meses de férias, por um período de seis meses ou de um ano, durante o curso colegial.

Cursos de férias com passeios turísticosmundo_idiomas

No caso das garotas, muitas vezes as meninas não querem ficar longe de casa por muito tempo, principalmente quando é a primeira viajem que fazem sozinhas. Nesse caso a melhor opção é um curso de férias, que dura de um a dois meses. Existem cursos de inglês nos Estados Unidos e Reino Unido, em pacotes que incluem passeios turísticos por esses países.

Os programas do STB – Student Travel Bureau, por exemplo, oferecem estudos, lazer e cultura de forma equilibrada. Para quem tem entre 12 e 17 anos o STB oferece estudos e diversão com os cursos de férias, dirigidos aos jovens que começam a descobrir o mundo e querem aprender a falar bem um idioma. É uma viagem que promete ser divertida, com opções para diversos países, especialmente para os Estados Unidos e Inglaterra. A programação é bem variada, com aulas pela manhã e atividades fora da sala de aula à tarde. A convivência com estudantes do mundo todo, com o apoio de profissionais especializados, faz a viagem de intercâmbio segura e inesquecível!acotes que incluem passeios turísticos por esses países.

Intercâmbio durante o ensino médio

intercambio_usa

 

Se você tem disponibilidade para cursar um ano do ensino médio no exterior, o programa ideal é o High School, que permite aprender a cultura do país escolhido, com a convivência na comunidade, na família e na escola. Esse é um programa de grande impacto na vida do estudante, tanto do ponto de vista escolar como pessoal, possibilitando uma formação diferenciada. O STB acumula também muita experiência em intercâmbio para High School, fazendo com que a experiência seja perfeita.

Estudar em um colégio estrangeiro, com o conteúdo curricular no idioma inglês, é uma excelente alternativa para a formação profissional e também para fazer novas amizades e conhecer mais profundamente um país diferente. Tomar decisões e resolver situações longe dos pais faz com que o jovem vença seus medos e se sinta responsável por si próprio.

Enfrentar os desafios do futuro profissional pede que desvendemos novos caminhos, que nos amadurecem, ao mesmo tempo em que aprendemos. O intercâmbio em outro país provoca uma verdadeira transformação pessoal, provocando uma abertura para o nosso potencial.

Os cursos no exterior destacam um currículo num mercado competitivo e fazem a diferença, que conta na hora de entrar para o mercado de trabalho. O inglês é a língua dos negócios em tempo de globalização, traz segurança e possibilita aprimorar as habilidades.

Os programas internacionais do CP4 Cursos no Exterior tem o objetivo de atender à capacitação profissional personalizada, com a orientação necessária para que o jovem possa fazer a escolha certa.

O CP4 oferece cursos de inglês em Cambridge, Inglaterra, intensivos e durante o verão europeu, além de cursos de inglês no Canada e especialmente dedicados a preparar o estudante para as universidades americanas.

Dicas para quem pretende fazer intercâmbio

londres_intercambio

• Quem vai para uma escola do exterior precisa estar aberto para conhecer novos hábitos, culturas e opiniões, para que a viagem possa lhe trazer o máximo em benefícios. Por isso é importante ter curiosidade em conhecer. É preciso mostrar interesse em conversar, bater papo com quem estiver por perto, procurar os colegas, não se preocupar com alguns possíveis erros na hora de falar.

• De acordo com a CI – Central de Intercâmbio, é preciso programar-se com antecedência, que varia de seis meses a um ano.
Com tempo e sem pressa, o jovem tira o passaporte, estuda a cultura do destino que escolheu. É interessante que faça um curso de inglês preparatório, que em um ano lhe dará a fluência para chegar falando e se fazendo entender.

• Compare muito os preços e programas existentes, examinando as melhores oportunidades. Existem muitas empresas reconhecidas no mercado, que prestam um bom serviço. Ouça amigos que já viajaram pela empresa, consiga referências sobre a qualidade da viagem.

• O destino escolhido para um curso de inglês, se Estados Unidos ou Inglaterra, precisa ser escolhido de acordo com a personalidade do estudante. Faça a opção pelo país que desperta mais curiosidade e interesse, não só pelo idioma, mas pela cultura, hábitos e história.

• Informe-se sobre as condições do intercâmbio. Há escolas que agem ilegalmente por permitirem que estudantes possam trabalhar com um visto limitado a estudos. O trabalho nessas condições prejudica o ensino e cria problemas com a imigração dos países.

• A carga horária dos cursos precisa ser analisada, pois varia entre as diversas escolas. A aula pode variar de 45 a 60 minutos, o que faz com que a carga horária final varie bastante. Outro detalhe a ser informado é o número de alunos na sala de aula, que deve ser limitado para que todos possam participar do aprendizado, com a atenção dos professores.

Artigos relacionados:

 

Sobre o autor: Regina Di Ciommo

Mestrado e Doutorado em Sociologia pela UNESP – Universidade Estadual Paulista, pós-doutorado em Recursos Naturais com especialização em Ecologia Humana. Pesquisadora da Universidade Estadual da Bahia, em Ilhéus, é professora de cursos de pós-graduação. Autora e coordenadora de projetos de desenvolvimento local e sustentabilidade, nos estados de São Paulo e Bahia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário