maio 26 2014

Anna Raphaela Drumond

Dicas para melhorar a conversação em inglês




Todo mundo busca falar inglês, seja porque tem vontade ou porque é bom para o currículo. Mas a maioria das pessoas sente dificuldade em falar, em conversar e não sabe porquê. Muitas pessoas que estudam inglês e que não alcançam seus objetivos acham que o inglês é difícil ou que “trava” na conversação por timidez. E como fazer para falar em inglês?

Tenho vergonha do meu sotaque

Ter medo de falar por vergonha do sotaque é uma reclamação comum. Mas aprenda uma coisa: “ter sotaque” não quer dizer “falar errado”. Pense em estrangeiros que falam português. Eles têm sotaque? Sim. Você entende o que eles falam? Sim. O mesmo acontece com quem fala inglês. Portanto fale sem medo e vergonha. O sotaque é um “bem” linguístico muito valorizado e não é motivo de má comunicação.

Motorista

VOCÊ QUER FALAR INGLÊS DE VERDADE?

Solicite uma proposta agora mesmo e receba várias opções de cursos para você sair na frente!

Qual é o tipo de curso?

Tenho medo de falar errado

Medo de errar é comum, até quando falamos nossa própria língua. Quando falamos errado, somos julgados pelos outros. Isso pode até ser embaraçoso, mas é importante que saiba de uma coisa: você vai errar ao falar inglês. Até mesmo quem domina o idioma, não está livre de erros. Aliás, os erros são importantes no aprendizado, porque você sempre se lembra deles, e daí pode corrigi-los e aprender de verdade. Portanto, você VAI e DEVE errar, mas não deixe que isso te atrapalhe. Se você errar, dificilmente um estrangeiro vai ficar te corrigindo. Ele verá o esforço que você está fazendo. Aliás, ficar corrigindo os outros durante uma conversa é falta de educação, até mesmo em português.

Não tenho onde ou com quem praticar

Se você pensar bem, isso não é verdade. Se você faz alguma aula/curso/escola de inglês, você deve aproveitar essa chance para praticar. Tudo ali está a seu favor: as pessoas querem falar e o professor está ali para te ajudar. Se você não faz aula, a internet é sua melhor amiga. Existem milhares de sites, salas de bate-papo e rede sociais de idiomas para praticar. E não precisa ter vergonha: ninguém te conhece, não é verdade? Se você tem contato ou conhece estrangeiros que falem inglês, essa é a sua oportunidade. Caso seja no trabalho, aproveite o momento do café ou do elevador para puxar conversa. Assim a prática fica desvinculada do trabalho e não tem tanto “peso” para você.

Antes de falar, ouça.

Pense que falar em inglês é o mesmo que falar em português. Antes de falar suas primeiras palavras quando era bebê, você passou muito tempo apenas ouvindo e aprendendo o que os seus pais falavam. Por isso pratique a escuta, ou o listening, pois essa é a chave o aprendizado. Ao ouvir, aprendemos inconscientemente, nos lembramos das coisas e sentimos mais segurança da hora de falar. Na verdade, quando você aprende a ouvir, a fala acontece naturalmente. O importante é achar um método para ouvir que seja agradável para você. Você encontra dicas para melhorar o listening aqui.

Mito ou verdade

Existem muitas dicas para “destravar” a conversação, promessas de cursos etc. Máximas como “tem que morar fora”; “ domine o vocabulário básico”; “assista filmes sem legenda” não funcionam para todo mundo. Não existe “certo” ou “errado” na hora de falar, existe o compreensível e o não compreensível. Porém, a prática é sempre a melhor saída. Encontre a maneira com a qual você se sinta mais a vontade para praticar e siga-a. Você verá que os resultados irão aparecer.


Discussão

Escola Do inglês agosto 27, 2015 at 9:44 pm

Muito boas dicas. Penso que o principal obstáculo para quem quer falar em inglês é o medo de errar. Isto apavora muita gente, inclusive a mim.

Postar um comentário