dezembro 31 2014

Vanessa Queiroz

5 dicas para aprender inglês




Muitos alunos pensam que somente o ato de comparecer às aulas é suficiente para que dominem o idioma. O fato é que quanto mais tempo o estudante for exposto à língua inglesa, maior será sua percepção e fluência. Por isso, é necessário empenho e dedicação para aprender inglês de forma satisfatória. Confira algumas dicas de estudo e aumente suas chances de sucesso!

1. Planejamento

Organize seu tempo e inclua o estudo de inglês na sua agenda. Como dito anteriormente, reserve não apenas um horário para as aulas, mas também tempo para fazer os exercícios, realizar leituras e atividades extras. Uma das maiores reclamações de alunos é dizerem que não têm tempo para as tarefas, mas será que o problema não está relacionado às prioridades? Além disso, evite acumular o seu tempo disponível para apenas um dia da semana. É bem mais produtivo estudar meia hora por dia, de segunda a sexta, do que estudar 2h30 aos sábados, por exemplo.

2. Esteja em contato com a língua

Não perca nenhuma oportunidade de estar exposto ao idioma. Mesmo no Brasil, um país onde poucas pessoas falam inglês, é possível ter acesso à lingua falada e escrita. Exemplos simples: músicas, séries de TV, filmes, jornais, revistas e outros. Além disso, hoje em dia a maioria dos televisores possui a tecla SAP, que muda o áudio da programação para o idioma original. Estando exposto ao inglês, você aprende de forma natural e eficiente, além de adquirir vocabulário e assimilar informações.

3. Associe o estudo a coisas que você gosta

Aprender inglês não precisa ser uma obrigação chata. Procure suavizar os momentos de estudo fazendo aquilo que você mais gosta. Se for ler um texto, procure um artigo sobre um assunto que ache interessante. Busque o significado da sua canção favorita, procure a letra na internet e cante em inglês! Assista um filme antigo, que você já conhece a trama e se arrisque, use as legendas e áudio em inglês. Use o idioma como uma ferramenta, conciliando a atividade com algo que lhe dê prazer. Os resultados serão bem mais positivos.

4. Seja participativo na sala de aula

“Eu quero aprender inglês, mas não quero falar em sala de aula ou cometer erros na frente dos colegas”. Se você pensa dessa forma, será bem mais difícil adquirir prática ao se comunicar no idioma. A sala de aula é como um laboratório, onde os alunos fazem diversas experiências, são avaliados e com base nos seus resultados procuram melhorar cada vez mais. Quando você se nega a participar de uma sessão de conversation ou apresentação de conteúdo, está simplesmente desperdiçando uma grande oportunidade de aprender. Procure lidar com sua timidez e não tenha medo de errar. Afinal, todos estão na aula com o mesmo propósito: adquirir conhecimento daquilo que ainda não sabem. Os erros são inevitáveis e até mesmo necessários, porque auxiliam no processo de aquisição da língua, desde que você não o repita mesmo após a correção.

5. Não odeie as aulas de listening

Os exercícios de escuta são os campeões de reclamações dos alunos. Mas saiba que eles não estão presentes na grade do curso apenas para preencher espaço, o listening ajuda a melhorar seu conversation, afinal como você poderá falar com alguém sem entender aquilo que a pessoa está te dizendo? É aí que a escuta deve estar “afiada”. Raramente o propósito de um exercício de listening será entender exatamente tudo que é falado no áudio. Em alguns casos, será preciso compreender apenas o contexto da conversa e explicar sobre o que ela se trata para que o exercício seja completado. Não tenha expectativas surreais, elas irão te deixar bem frustrado. Se tiver dificuldade para compreender o listening, isso é um sinal de que talvez não tenha se dedicado na exposição à língua fora da sala de aula. Esteja motivado com seus progressos e capacidade de percepção do idioma.

Artigos relacionados:


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário